Espectativas pra 2009?

Nenhuma!
Read More...

Últimos Momentos deste ano.

Sabe... estou agradecendo pelo término deste ano. 2008 pra mim foi um ano mais que complexo e problemático, foi cheio de stress e repleto de desentendimentos. Brinco que envelheci uns 15 anos nesse período de 366 dias.
Fui incompreendido e não compreendi muitas coisas;
O tédio foi meu parceiro mais presente;
e ah, lembrei-me que este foi o ano que mais dormir e mais senti sono (e não pense que isso é bom. Não neste caso!)

Nesses últimos momentos de 2008, não tenho, sinceramente, mudança alguma de humor... ou seja, não mudou nada nesse último dia.


Queridos, eu iniciei este post para fazer uma análise sobre essa prévia de 2009, mas estou sendo tomado de tanta angústia.. (suspiro) ... realmente esse ano não foi o melhor pra mim.

Já vai tarde 2008!
Read More...

Férias!

Sabe... amanhã completa uma semana que estou de férias, que encerram-se dia 02 de fevereiro, e estou fortemente abatido devido a toda saudade que sinto:

Saudade de sair as 13h00 com sensação térmica de 39ºc para assistir as aulas de Linguística¹ renunciando todo sono que poderia ser tirado com uma deliciosa pestana após o almoço;
Saudade de sair do módulo 2 de Letras e Artes para ir ao módulo 7 de cunho Humanistico Filosófico, a pé (e olhe que não é nada perto), para as aulas cheias de "porquês" de Estudos Filosóficos;
Saudade dos trabalhos super exigentes pedidos por Fabricio Oliveira e a tão famosa matéria Lingua Portuguesa 1a;
Saudades também de toda fome que sentia nas aulas de francês;
Saudades de todos os neologismos e teorias de Miguel Almir e a Introdução a Educação;
E finalmente das aulas que não tive de Teoria da Literatura... de Platão, Socrátes, Aristóteles...


aiai... quanta saudade!

...

SANTO CRISTO DE MISERICÓRDIA!!! OH CÉUSSSS!!!!!

(desespero)


[Queridos amigos, tenho de parar de escrever... não sei o que está acontecendo, mas o meu nariz está crescendo desordenadamente!
Fui!]




1- Linguística grafada sem o acento trema ( ¨ ) devido as novas regras ortográficas. ;)
Read More...


Com 30min de atraso do prometido, sai a primeira postagem desse novo ramo de produções minhas nesse precioso período de férias (comento sobre isso um pouco mais abaixo). E a pedidos, exponho o questionador e singelo Olhar de Alê quanto a famosa sapatada, que por quase..quase... acertou o (até 31 de Dezembro) presidente dos Estados Unidos da América [do Norte], George W. Bush.


Se você pergunta-se se, por algum acaso eu queria que um daqueles sapatos atingem-se em cheio a cabeça esquisita de Bush... a resposta é SIM! Eu realmente queria.
Pobre homem que sou. Não deveria querer tal coisa. Mas estou sendo sincero convosco caros leitores.

Pois bem..., completou ontem (domingo, 21/12) 8 dias que o inusitado caso ocorreu. E seria uma perca de tempo novamente falar, ou melhor, grafar, relatando o acontecido em seus detalhes, até porque, não estava lá. Maassss, venho comentar, e fazer você refletir, sobre como o nosso corajoso jornalista deu um novo ramo a sua vida, de informante noticiário à Herói!

Ora, ora, ora! E a Ética?? Onde fica? Será que apenas no pensamento Aristotélico!?

Vemos alguém que agrediu ferozmente a autoridade mais visada do mundo e esse vira herói?! É incrível! Lembro-me que a orientação bíblica cristã é que não se deve pagar o mal com o mal... porém não é isso que está incrustado em nossa mentes. Tentamos fugir de um pensamento controlado pelas massas monstruosamente capitalistas e caímos em um totalmente revolucionário, contudo sem razão, ética e sensibilidade.

Você gostaria de ter arremessado aquele sapato no dito cujo? Gostaria de ter o prazer de vingar todos esses anos de selvageria e, agora de desplanejamento que deu início a tal famosa Crise Econômica? Caso sua resposta seja positiva, é melhor rever seus conceitos morais... É justamente que eu vou fazer agora... porque sinceramente... eu queria!



...ah! Ressalva para o desvio de Bush... tinha que ser americano mesmo... provavelmente ele aprendeu assistindo Matrix...
Read More...

Título do post??? É... ummm... bem... ah... Sem Título!

Caro leitor! Muitíssimo obrigado pela inseparável presença dos teus olhos nesta tela. Mas, sinceramente, procuro intensamente inspiração para a escrita, e sinceramente não a acho.
Bem..., porque não falarmos do nada algo tão presente em nossas vidas!
Quando pequeno, lembro-me que a maioria das respostas às perguntas feitas pela minha querida mãe, eram sempre iniciadas por "Nada" com exclamação no final!
A questão é que o nada sempre foi a nossa preferência. E sempre será quando o assunto seja stress. O Nada é associado a descanso, relaxamento...

Certo dia tia Lygía F. Teles relatou a sua experiência ao ter-se ido consultar com o mar. O que ele a disse?
- Nada!

...bem.. eu já tive uma idéia do que escrever... sendo assim deixarei esse post EXTREMAMENTE desconexo e sem propósito.

Abraços!!
Read More...

Eu e um Clima Temperamental


Uma das coisas que tenho de me ajustar antes de sair, é o clima. Devido a ele toda a estrutura emocional e fisica muda. Sem falar nas vestimentas. Mas como sempre, tenho de ser surpreendido ou frustrado nas minhas espectativas.
Quantas vezes, caro leitor, saímos de casa com jaquetas, capotes, moletons, guardas-chuva e dentre outros objetos que garantam-nos um maior conforto em dias de chuva!? E dessas tantas, quantas vezes vimos o sol rachar e disperçar todas as nuvens existentes no céu?
Bem... Comigo já aconteceu várias, e sei que ocorrerá milhões de vezes novamente. O meu olhar de decepção e descaso voltará ao meu rosto outras vezes, e sei muito bem que me perguntarei em que faculdade a meteorologista estudou.

Todavia, tais surtos que o nosso querido amigo depressivo Clima têm, não passa de mais uma conseqüência do famoso vilão da novela Planeta Terra: Aquecimento Global.

Reuniram-se até hoje, represntantes de 150 países em Poznan - Polônia, para a Conferência feita pela ONU sobre Mudanças Climáticas. Os Ministros do Meio Ambiênte que ali estavam, exporam suas idéias a fim de que um tratado fosse instaurado dentro de um ano em substituição ao Protocolo de Kyoto. Pra variar, não houve avanços, ou melhor, nós brasileiros ganhamos um elogio creio que infudado (ou estou bastante desinformado) do Secretário Geral da Organização das Nações Unidas, que resaltava o exemplo que o nosso país dá, produzindo empregos na luta contra os crimes ambientais. [quanto a isso, vou pesquisar mais]


Pois é... curtam o passeio senhores representantes! A Polônia é um belo país... (ao menos aquilo que sobrou dele). Enquanto isso eu vou estudar pra minhas provas ok!? Só pra constar!
Read More...

O Rei do Elogio - Carro Velho - Um vocabulário estupendosamente cabulosoplumático

video


kkkkkkk....

precisa comentar????

É simplesmente inspirador! Novos adjetivos para minha humilde gramática.
Read More...

Dificuldade de Aprendizado

Santo Cristo de Misericórdia!!!

Hoje ao assistir um telejornal deparei-me com uma notícia um pouco constrangedora, na verdade bastante constrangedora pra mim, que serei um futuro educador e professor de língua portuguesa.

A Ong Todos Pela Educação, divulgou ontem (quinta-feira), um levantamento, constatando que a maioria dos alunos de escolas públicas e particulares têm dificuldade na interpretação, leitura e escrita, os critérios fundamentais do ensino do português.
É triste saber que o nosso sistema de ensino ainda não é prioridade, e que isso tem se tornado tão vergonhoso devida a divulgação que é feita.
Quanto as escolas públicas percebe-se o descaso governamental, que não priva a base intelectual, social e profissional, não dando suporte e muito menos investimento as instituições. Já nas dadas particulares, é possivel enchergar uma falha não apenas do aluno, mas também das metodologias empregadas em sala de aula.

(Suspiro)

Tenho muito que aprender ainda...
Read More...

MagicWater - A Solução

Não poderia deixar de falar de MAGICWATER, mais uma das minhas loucuras, desta vez com apresentação em público e valendo nota na matéria de Língua Portuguesa 1a.

rsrsrsrs... não contenho-me ao lembrar disso....

Pois bem, eu inventei, miraculosamente a Água em Pó!

Eu não vou explanar aqui, apenas pra criar uma certa curiosidade de como isso assucedeu-se. Acesse: magicwaterbr.blogspot.com


[VC AINDA PODE SALVAR A SUA VIDA!]

ahuahauhauahuahaua.... Água em Pó!? kkkkk... eu einh!? (auto-impressionamento)
Read More...

Hermenêutica das curiosas e assustadoras Cantigas de Roda (Parte 2)

Hoje eu tenho o papel horrível de expor aos caros leitores mais uma interpreteção das sujas cantigas de roda, que ensinam-nos ainda quando pequeninos. Desta vez...


Escravos de Jó, jogavam caxangás...
Tira... Bota...
Deixa o Zé Pereira ficar.
Guerreiros com guerreiros,
Fazem zig-zig zá!
Guerreiros com guerreiros,
Fazem zig-zig zá!


Como diria o maravilhoso Nelson Rodrigues, é ULULANTE aos nossos olhos a maldade, ou melhor o PeCaDo, presente nessa letra musicada.
Vamos, parafraseando Antônio Cunha ( meu professor de física no ensino médio), por partes:

1- Os pobres escravos de Jó, terminaram todos os seus afazeres, e agora se divertem na senzala jogando caxangás. Ok...tudo bem! Até porque não faço a mínima idéia do que seja "caxangás". Considerando que a canção já começa fazendo menção a ridícula política da escravatura na época do expansionismo.

2- "Tira... Bota..." Ah... me poupe, confesso que vem sim pensamentos maledicentes a cerca dessa parte. Por isso não ei de comentar.

3- "Deixa o Zé Pereira Ficar" Bem, essa parte me deixa mais que indignado! Afinal de contas, quem é Zé Pereira?? Poxa vida, ele não podia ficar "na dele" lá de baixo do pé de Pêra? Mas não... foi atrapalhar a brincadeira dos pobres escravos, que trabalharam durante todo o dia... Por que apenas ele fica? Por que? Por que?

4- Pra terminar, é repetido duas vezes a oração: "Guerreiros com guerreiros, fazem zig-zig zá!" A princípio gostaria de afirmar que não tenho nada com a vida dos guerreiros e que pouco me importa o que eles fazem seja o zig, seja o zá... Acontece que, se por um acaso meu filho puxar a mim, concerteza ele me questionará um dia porque os guerreiros, símbolo de braveza e força estavam lá fazendo zig-zig zá... Não saberei explicar, ou terei de contar as coisas terríveis que já ouvir sobre os quartéis.


Bem..., é isso! ATENÇÃO PAIS! Seus filhos podem ser influenciados à discriminação e outras coisas implícitas no texto.
Read More...